domingo, 19 de junho de 2011

BRAZILIAN KILLER

Para se consagrar campeão do Prime português Julian Wilson teve que passar por 3 estrelas da novíssima geração brazuca. Caio, Miguel e Gabriel. Façanha que só aumenta o valor da vitória. Sei que os 3 devem estar mordidos, mas ao que tudo indica não faltará oportunidade para encarar o australiano nos anos que virão.

Acho que Miguel e John estavam no mesmo degrau, esticado, o havaiano


Começamos o dia com algumas previsões se confirmando e meu palpite para campeão caindo fora.

Gabriel passou por Jeremy com a melhor apresentação do evento até então, um 8,5 e um 9,87, sinistro o moleque.

video


J. Florence não ficou atrás e tbém ultrapassou a casa dos 18 pontos para mandar Pat Gudauskas pra casa.

video


Miguel passou por Dion Atkinson, confirmando minha previsão, com duas ondas seguras.

video


Jay Quinn não se achou e foi amplamente dominado por Julian Wilson na última das quartas. Pelo menos acertei que o campeão saíria desta bateria.

video


Semi

Gabriel continuou em ritmo alucinante contra John Florence na primeira semi. Rapidamente fez duas boas médias e deixou o havaiano correndo atrás o tempo todo. No final Gabriel ainda fez um 9 para acabar com qualquer esperança. Declarou estar um pouco cansado...nunca um bom sinal.

video


Julian fez com Miguel o que Gabriel tinha feito com John, pegou duas boas logo no inicio, deixando o brasileiro precisando de mto para virar, o que aparentemente desestabilizou Pupo, que estava caindo um pouco da prancha e não se achando mto no mar.

video


Para mim a final durou dois segundos para ser decidida. Enquanto potz e patterson falavam que os 5 min adicionais da final podem ou não ajudar, Medina estava mais atrás no pico e remou, olhou e resolveu não ir na onda, Julian foi e já fez uma média alta. Por mais duas vezes Julian iria pegar a onda desprezada por Medina e fazer nota.
Em seguida, repetindo a tatica da semi, fez logo duas médias e colocou seu adversário nas cordas.

Gabriel bem que procurou, mas depois de ter acertado duas médias razoáveis, uma delas com um aéreo irado, novamente Julian pegou outra onda que o brasileiro não quis e fez um 9,8, fechando o caixão.

Mais tarde ainda fez outro 9 e tal. Mereceu. Estava surfando mto desde o Brasil, mas não tinha acertado o pé ainda.

video


Foi bem legal o pódium todos os 4 finalistas felizes da vida. Pupo mandou, "vejo vcs ano que vem" pode e deve estar enganado, já que com este resultado deve praticamente garantir seu ingresso no WT pós corte, tendo que voltar a Portugal para competir em Peniche, ora pois.

Gabriel tbém parecia estar fazendo contas em sua cabeça, praticamente garantido tbém.

O Campeão na entrevista com Potz disse que era a primeira vez que vinha a Portugal e tinha a informação de que pela época do ano seria um evento em merrecas, mas não foi o que rolou, tinha altas e que no meio da final ficou meio puto com uma nota dada, um 6,9, que segundo ele a partir dali ele fire up e achou os dois 9. Melhor apresentação do evento na final. Parabéns pra ele que não tinha mtos resultados até aqui. Por fim Potz perguntou se ele ia direto pra J Bay ou não, ele respondeu, to indo pra Bali...bobo ele. Home Sick é o caralho.



2 comentários:

  1. bom relato...gostei do post...aloha

    ResponderExcluir
  2. Valeu DSC. Comente tbém qdo não gostar. Aqui o espaço é democrático.
    abção

    ResponderExcluir