sábado, 18 de junho de 2011

BACALHOADAS III - VIDEOS E BOLÃO

Acho que esses caras da quicksilver estão de migué e só vão colocar os videos do round de 24 atletas em diante. Tomara que não...mas parece.
Ta lá no site do campeonato.

Na primeira Cory Lopez passou apertado por Richard Christie. Os caras não acharam mta coisa. Cory passou com uma nota 2 e pouco no somatório, é mole?

video



Na segunda, Gabriel Medina, super star segundo a locução gringa, não deu chances ao basco Aritz. O brasileiro está com uma patada de back side que esta agradando aos juizes, saindo mta agua. Mereceu. Já garantiu pelo menos um nono lugar, deve carimbar seu visto para WT mto em breve.

video



Na terceira, numa bateria que prometia, Junior Faria eliminou o australiano Heath Joske. Esse ozzie é novo, acho que ouvi falar dele pela primeira vez faz 2 anos. Tem um surf mto maneiro, de linha e power. Mas nesse heat não foi páreo para a fish verdinha de Junior Faria. Acho que é o brasileiro que mais experimentações faz. Nunca tinha visto em bateria. Junior tem um surf que neste tipo de onda esta agradando os juizes. Ele tem uma economia de movimentos, bate pouco a prancha e sabe fazer linha e todos os truques e aereos, ainda bem que resolveu voltar a competir. No site do campê, na primeira vez que vi, o video estava completo, até a entrevista do Junior, agora esta cortado...


video




Na quarta Pat Gudauskas passou sem maiores problemas por Travis Logie. Acho que o sul africano escolheu ondas gordas demais, como estava de back o lance era pegar ondas mais em pé e verticalizar...


video




Na quinta John Florence passou pelo competente Brandon Jackson. John tem uma linha mto boa para esta onda, especialista em tubos, esta se mostrando bem versátil. Jackson é um dos caras do wqs que menos cai da prancha, deu azar de pegar o havaiano afim de surf...senão iria mais longe...como no caso do junior, aconteceu algo com o video...foi mal...


video




Na sexta André Silva liderou a bateria inteira, surfando bem, esticando suas ondas para finaliza-las sempre com uma manobra forte. Deu azar, Jeremy se levantou bem no finalzinho, surfando de maneira correta, para fazer a batera.


video




Na sétima Pupo passou por um Mendes que não se achou hora alguma no mar. Tinha tudo para ser uma batalha de goofies, mas foi um solo de Pupo, que continua surfando mto bem, fluido, com estilo e força, mas tem que se cuidar. Essas quedas na última onda fazer a diferença entre um 7 e um 9.


video




A oitava bateria foi, talvez, a melhor da fase. Caio e Alain destruiram as ondas e os dois tinham notas para passar qualquer bateria. Mas como um tem que ganhar, Caio Ibeli levou. Seu 9 no inicio da bateria foi determinante para o resultado. E foi 9 justo na minha opinião, "pé na porta e soco na cara", sem meias manobras...ta com surf de campeão esse moleque.


video




Na nona, o jovem ozzie Davey Cahels passou pelo outro Gudauskas, Tanner. Surfa bem esse jovem australiano. Mas, com o devido respeito, nossa nova geração come garotos como Davey no café da manhã...demoraria anos para fazer um final no pro jr br. Isso falando surf por surf, mas sabemos que competição não é só surf...

video


Na décima em outra boa bateria o Neozelandês Jay Quinn, (irmão do Maz?) passou pelo defensor do titulo em Portugal, Hodei Colazo. O floater seguido de batida de quinn, foi impressionante.

video


Na décima primeira Dion passou apertado pelo destaque da última fase, Hizu. Faltou uma onda para o brasileiro, que acho que insistiu em ondas sem potencial. Se tivesse pego uma ondinha maiorzinha e feito o mesmo de sempre, passava.

video



Na última Julian Wilson prova que se adaptou bem as condições e passou fácil pelo frances ex WT e com nome de mulher, Joan Duru.


video




Bolão.


Qdo se tem tempo, como este campeonato tem tido, esse round é um show a parte, já que todos estão com menos pressão na bateria, uma vez que ninguém perde aqui. É a hora de tentar...pode errar. E malandro tenta, lógico.


Junior e Gabriel detonam a bateria toda. Cory ao ver tamanha destruição chega a pensar em ir embora. Junior leva.
John Florence tenta aereos malucos e acaba acertando um, se classificando com outra nota média. Jeremy liderou quase a batera toda. Ainda se recuperando, mas continua competindo bem. Pat Gudauskas terceiro.
Juro que qdo escrevi o lance da geração devorar caras como Cathels no café da manhã eu ainda não tinha visto quem pegava quem nas baterias de daqui a pouco. Acho que vai rolar bem isso mesmo. O australiano vai fazer umas médias, mas a disputa dele fica em segundo plano perto do show de Ibeli e Pupo. Ibeli leva, por pouco.
Na ultima Julian leva sobre Dion e Jay.


Round dos 12
De novo, vou chutar os encontros agora pois não sei quais são, o objetivo de um bolão é chutar um campeão.
Gabriel se recupera sobre Cory; Jeremy manda Pat pra califa; Pupo passa Cathels em bateria perigosa, quase que queimo a lingua. Dion passa por Jay e pode se acabar se classificando pro WT sem logo algum em sua prancha...


Quartas
Junior continua com sua fish verde mágica e leva mais uma sobre Medina (duas no mesmo dia, terá revanche)
Jeremy mostra como vencer uma batera para o jovem John Florence. 
Caio mantém o ritmo, vencendo duas sobre Miguel
e Dion passa por Julian, que vinha surfando bem, mas é azarado.


Semi


Junior passa fácil por Jeremy, que faz uma boa campanha, especialmente vindo de lesão
Caio da um aereo rodando por cima de Dion...


Junior faria levanta a taça com sua fish verde que será copiada e eleita a mais vendida do verão europeu.


e tenho dito

Nenhum comentário:

Postar um comentário